6 de jul. de 2019

Dor lombar

Seja qual for a sua causa: compressão do nervo ciático, lumbago, hérnia discal ou tensão muscular, as dores lombares podem ser verdadeiramente incapacitantes
 Dor nas costas é responsável pelo maior número de afastamentos do trabalho por motivo de doença e é principal queixa de saúde. 
Geralmente, apenas notamos a dor nas costas quando esta se agrava ou quando dura mais tempo do que o habitual.
Prevenção
Preste atenção às seis normas básicas das "escolas de coluna":

•Perca o excesso de peso para retirar carga da suas costas.

•Retese os músculos abdominais e pélvicos quando você estiver sentado ou deitado e se apoie nos braços e pernas.

•Se agache quando apanhar qualquer coisa do chão.

•Nunca fique na mesma posição por mais de 30 minutos.

•Transporte objetos pesados junto do corpo e evite suportar pesos de um só lado.

•Conscientemente puxe o umbigo para trás no sentido da coluna sempre que puder. Isto fortalece os músculos transversos que mantêm estável a coluna lombar.

Enquanto os cuidados tradicionais poderiam incluir medicação, a quiropraxia incluí ajustes de manipulação da coluna vertebral, juntamente com terapias manuais, como gelo, calor, crioterapia e exercícios de reabilitação.
Essa técnica é muito usada para alívio de dores, ganho de mobilidade das articulações, melhorar postura, diminuir tensões musculares e outros desconfortos do cotidiano. 
Dra Jane Difini Kopzinski

5 de jul. de 2019

Discopatia degenerativa

Discopatia é um problema muito comum hoje em dia e que, frequentemente, leva as pessoas a procurarem um especialista. 
Entre uma vértebra e outra da coluna, existe uma estrutura cartilaginosa, chamada disco intervertebral, que tem como principal função amortecer impactos.
Discopatia degenerativa é uma alteração comumente encontrada nos exames de imagem, como raio-X, ressonância magnética ou tomografia computadorizada, que significa que o disco intervertebral presente entre cada vértebra da coluna está se degenerando, ou seja, perdendo a sua forma original, o que aumenta o risco de ter uma hérnia de disco, por exemplo.
Dessa forma, ter uma discopatia degenerativa não significa que a pessoa já tenha uma hérnia de disco, mas pode chegar a ter.
Os sintomas mais comuns são dores localizadas onde a lesão se encontra, mais comumente na região cervical e lombar, podendo ocorrer irradiações para os membros superiores ou inferiores, assim como formigamentos, dormências ou, em casos mais graves, perda de força nos membros.
A dor ao longo do nervo ciático é bastante frequente devido à compressão causada.
É caracterizada por uma pontada, queimação ou pinçadas que iniciam na região mais baixa da lombar, passando pelos glúteos, parte posterior da coxa e podendo chegar até os pés.
A Quiropraxia busca, por meio de técnicas específicas, restaurar a integridade neurológica e biomecânica da coluna, promovendo um aumento de mobilidade e diminuindo o estresse e compressão gerados nos discos da coluna, a fim de impedir que se agrave. O acompanhamento periódico é essencial para manter a saúde da coluna, qualidade de vida e prevenir novas ocorrências de dores.
Dra Jane Difini Kopzinski

9 de ago. de 2018

Top of Mind 2018

O Instituto Fênix pesquisa de Opinião Pública, através de uma pesquisa realizada na cidade de Porto Alegre, entregou à  Empresa VITAL ENERGIA E SAÚDE ( Quiropraxia - Fisioterapia) a certificação de melhor empresa e profissional do ano de 2018.
Reconhecendo o trabalho e dedicação.
Estamos imensamente honrados ,e felizes por nossos pacientes, amigos e colaboradores pelo mérito adquirido.

21 de fev. de 2018

QUIROPRAXIA


QUIROPRAXIA


A Quiropraxia pode ser aplicado em qualquer pessoa, desde recém-nascidos, até aqueles em idade avançada.
Com o tratamento de quiropraxia, o paciente vai começa a inserir novos e bons hábito em sua rotina diária e por consequência terá mais qualidade de vida.
A quiropraxia possui diversos benefícios.
Elimina e ameniza sintomas como dores na coluna vertebral;
Hérnia de disco e dor ciática;
Problemas nas articulações das extremidades (ombro, cotovelo, punho, mão, quadril, tornozelo, e pé);
Problemas posturais e com restrições à movimentação;
Dores de cabeça;
Elevada rapidez nos resultados
Tratamento completamente seguro
Não utiliza medicamentos
Tratamento não invasivo
Não necessita de receita médica
Atende a todas as idades
Reduz necessidade de cirurgia
Orientação Postural
Drª Jane Difini Kopzinski


19 de nov. de 2017

O idoso e o risco de queda

Com o passar do tempo a nossa coluna apresenta discopatias decorrente do processo natural do envelhecimento, que não permitem ter um andar normal.
 Uma vez que a agilidade e destreza ficam prejudicadas o ato do caminhar também é afetado fazendo com que o idoso tropece, caia e perca o equilíbrio.
Com o envelhecimento, o disco intervertebral (especialmente o núcleo pulposo) perde água, o que reduz sua altura, alem do suporte e amortecimento.

O idoso perde a agilidade do quadril, não realiza a flexão e extensão normal das pernas proporcionando maiores riscos de quedas. A Quiropraxia, Fisioterapia e Filosofia Clínica tratam essas causas devolvendo ao idoso a agilidade e destrezas necessárias para uma vida melhor e com mais segurança.
Drª Jane Difini Kopzinski
51- 996842953

6 de jul. de 2017

QUIROPRAXIA E DOR CIÁTICA



Dor ciática e Quiropraxia

 Um dano ou uma pressão no nervo ciático são as duas principais causas da dor ciática (ciatalgia).
São cinco raízes nervosas que se juntam para dar o título do nervo ciático. Quando uma dessas cinco raízes nervosas é comprimida ou irritada, esta condição se manifesta como uma dor aguda nos membros inferiores. Um dano ou uma pressão no nervo ciático são as duas principais causas da dor ciática (ciatalgia).
Todos podem sofrer com a dor ciática (ciatalgia), mas idosos, que muitas vezes sofrem de degeneração dos discos como consequência natural do envelhecimento, são quem tende a se incomodar muito com a dor ciática. A dor ciática ocorre na nádega e na perna. A dor no nervo ciático pode ser desencadeada por alguma vértebra que está fora do lugar, hérnia de disco ou pelo desgaste da vértebra.
 A Quiropraxia ajuda a colocar a vértebra de volta no lugar, dando espaço e liberando as raízes do nervo ciático, assim eliminando a causa da dor.   Não precisa de medicamentos nem cirurgias, tudo é feito pelo Quiropraxista com as próprias mãos restaurando a coluna e estimulando o corpo a capacidade de resolver o problema.

Drª Jane Difini Kopzinski
                                                                                    

25 de mai. de 2017

Terceira idade e Quiropraxia



Terceira idade e Quiropraxia

Quem pensa que a Quiropraxia atua somente na coluna está enganado, atua em todas as articulações do corpo. Ela pode ajudar com diversos distúrbios músculos-esqueléticos, como por exemplo, a artrose.
 Idosos com problemas relacionados ao desalinhamento da coluna podem se beneficiar de tratamento especializado de Quiropraxia. Há um grande número de benefícios através de tratamento quiroprático na terceira idade, tais como:

  •   alívio da dor na coluna e articulações do ombro e joelho

  •   aumento da amplitude de movimento, 

  •  aumento do equilíbrio e da coordenação,

  •   diminuição da degeneração articular,

  •  aumento da saúde e bem estar emocional

  •   diminuição da incidência de quedas


 Esses benefícios podem melhorar a qualidade de vida, bem como ajudar os idosos a desfrutar de uma vida independente e sem dores no corpo.

Drª Jane Difini Kopzinski

30 de mar. de 2017

Quiropraxia



Qualquer pessoa pode receber um tratamento de Quiropraxia.

 Desde recém-nascido até as pessoas mais idosas. O que pode são os períodos de tratamento e as técnicas aplicadas. Todos os nervos que controlam o seu corpo saem diretamente da sua coluna. Problemas de coluna afetam os nervos, consequentemente podem afetar o corpo todo.
Uma coluna cervical (pescoço) desalinhada pode causar dores de cabeça, tontura e muitos outros sintomas como dormências, fraquezas e formigamentos nos braços.
Problemas na coluna lombar (seu quadril) podem afetar suas pernas e pés com dores e formigamentos.
A dor no corpo pode causar sintomas emocionais. É usada frequentemente para tratar queixas de dores em músculos e articulações como dor lombar, dor no pescoço, dor nas articulações dos braços e pernas e dores de cabeça.
 Condições mais frequentes tratadas com Quiropraxia:
• Dor lombar
• Dor Cervical (pescoço)
• Dor de cabeça
• Dor nas articulações
• Dor ciática
• Rigidez
• Má postura
• Tontura/vertigem
• Dormência e formigamento em braços ou pernas
• Dificuldade para curvar a coluna ou braços e pernas devido à dor ou rigidez
A Quiropraxia não foca apenas no alívio dos sintomas, ela trata a causa da dor restaurando a função da coluna e devolvendo ao corpo alinhamento e saúde.
 A Quiropraxia corrige as subluxações (desalinhamento das vértebras), melhorando a comunicação entre o cérebro e o corpo, e assim diminuindo a dor e outras consequências. Isso acontece porque o cérebro não precisa mais avisá-lo através de sintomas desagradáveis, pois a causa já foi corrigida.
Drª Jane Difini Kopzinski