23 de mar de 2016

BURSITE NO OMBRO- Drª jane Difini Kopzinski

BURSITE NO OMBRO


As bursas são pequenas bolsa cheias de líquido que protege os tecidos ao redor das articulações.
 O conteúdo destas bursas é o líquido sinovial, uma substância de aspecto viscoso, com características de gel. As bursas contribuem para a proteção de choque e diminuem pressões e o atrito entre duas estruturas vizinhas (tendões, ligamentos e ossos).
Bursite
A bursite corresponde a inflamação das bursas que se encontram entre os tendões e os ossos ou entre os tendões e a pele. Ela pode se desenvolver no indivíduo de forma aguda e crônica, dependendo dos fatores que as causam, em que estágio é descoberta e como é tratada.
O formato das bursas são ditos como bolsas cheias de líquidos, sendo responsáveis por auxiliar o movimento do corpo, diminuindo os possíveis atritos que possam surgir.
Existem várias bursas em seu ombro.
Bursite sub-acromial é uma causa comum de dor no ombro, que geralmente está relacionada à síndrome do impacto de sua bursa entre os tendões do manguito rotador e osso (acrômio).

Causas

As principais causas dessa doença são traumas, lesões, infecções, reumatoide, artrite, gota e o uso excessivo crônico das articulações (tendinite).

Sintomas
– Dor na parte externa de seu ombro;
– A dor pode se espalhar para baixo seu braço em direção ao cotovelo ou pulso;
– Dor agravada quando se está deitado sobre o ombro afetado;
– Dor agravada quando se usa o braço acima da cabeça;
– Arco doloroso de movimento – entre 60 – 90 ° ao mover o braço para cima e para fora;
– Quando o braço ultrapassa o arco doloroso e fica acima de 90 ° ocorrerá alívio da dor;
– Dor no ombro com atividades como lavar o cabelo ou atividades ou tentar alcançar a prateleira alta no armário;
–  Dor e sensibilidade nas articulações;
– Inchaço;
– Temperaturas elevadas no local afetado;
– Vermelhidão nas articulações
– Rigidez e dor intensa ao tentar mover a área afetada.

Tratamento para a Bursite

A Fisioterapia com Quiropraxia serão feitas manobras e manipulação no corpo para alívio imediato de todos os sintomas de dores, exercícios de fortalecimento dos músculos da área afetada, com o objetivo de aliviar a dor e atuar na prevenção da reincidência da patologia. As técnicas utilizadas são responsáveis por aumentar a mobilidade da articulação afetada e alongar músculos para melhorar sua função e em seguida o paciente será orientado de como se comportar dali pra frente, com uma melhor postura, e será orientado a fazer exercícios específicos de acordo com cada tratamento para que aconteça uma melhor e mais rápida recuperação.

Prevenindo a Bursite:

– Evite movimentos repetitivos ou faça pausas regulares durante a realização;
– Sempre mantenha uma boa postura corporal ao exercer atividades do dia-a-dia;
– Alongamentos antes de iniciar exercícios físicos.
Drª Jane Difini Kopzinski