31 de jul de 2013

Caminhando pela vida


Entenda que cada fase da vida tem suas delícias e suas dores; traz coisas boas e leva outras embora. Sim, estamos falando do corpo com tudo no lugar, que exige manutenção mais cuidadosa à medida que o tempo passa e que pode deixar a gente à beira de um ataque de nervos. Mas também das experiências que vivemos e que, não tem jeito, mudam a gente para sempre. O segredo para não entrar em crise - com a aparência e as emoções - é viver cada etapa da vida de coração aberto e cabeça no lugar, tentando entender os ganhos que cada período traz. Aos 30 e poucos, é normal não caber mais nas roupas que você usava dez anos atrás (se você teve filhos, então...) e perceber na pele os primeiros sinais do tempo. Liberte- se das cobranças (suas e dos outros) e curta a maturidade que ganhou, a beleza que se transformou e a vida, que fica mais gostosa à medida que você aprende a valorizá-la. Desprenda-se do que ficou para trás e se apaixone por você agora.

Paulo Hermes Pompeu Teixeira