19 de nov de 2017

O idoso e o risco de queda

Com o passar do tempo a nossa coluna apresenta discopatias decorrente do processo natural do envelhecimento, que não permitem ter um andar normal.
 Uma vez que a agilidade e destreza ficam prejudicadas o ato do caminhar também é afetado fazendo com que o idoso tropece, caia e perca o equilíbrio.
Com o envelhecimento, o disco intervertebral (especialmente o núcleo pulposo) perde água, o que reduz sua altura, alem do suporte e amortecimento.

O idoso perde a agilidade do quadril, não realiza a flexão e extensão normal das pernas proporcionando maiores riscos de quedas. A Quiropraxia, Fisioterapia e Filosofia Clínica tratam essas causas devolvendo ao idoso a agilidade e destrezas necessárias para uma vida melhor e com mais segurança.
Drª Jane Difini Kopzinski
51- 996842953